sábado, 27 de janeiro de 2018

Mardoqueu era tio da rainha Ester?








                    
            Bem, durante o nosso tempo de Fé, por algumas vezes ouvimos nos templos cristãos que a rainha Ester era sobrinha de Mardoqueu, como, por exemplo, na canção cujo título é “Minha Conquista” que diz: “Ester, exemplo de mulher e de coragem, ainda criança perdeu os pais e foi criada pelo tio Mardoqueu...[1].  Bem, embora esta declaração não comprometa a história da rainha,  entendemos que ela carece duma observação com base na narrativa bíblica.


Vamos reler a história? 

Havia então um homem judeu na fortaleza de Susã, cujo nome era Mardoqueu, filho de Jair, filho de Simei, filho de Quis, homem benjamita, que fora transportado de Jerusalém, com os cativos que foram levados com Jeconias, rei de Judá, o qual transportara Nabucodonosor, rei de Babilônia. Este criara a Hadassa (que é Ester, filha de seu tio), porque não tinha pai nem mãe; e era jovem bela de presença e formosa; e, morrendo seu pai e sua mãe, Mardoqueu a tomara por sua filha.” (Et 2:5-7 ACF).
Perceberam que o texto diz que Mardoqueu criou Ester, e que esta era filha do tio dele? Que tal agora sabermos o nome do tio de Mardoqueu e pai de Ester?  

Chegando, pois, a vez de Ester, filha de Abiail, tio de Mardoqueu (que a tomara por sua filha), para ir ao rei, coisa nenhuma pediu, senão o que disse Hegai, camareiro do rei, guarda das mulheres; e alcançava Ester graça aos olhos de todos quantos a viam.” (Et 2:15 ACF) 

 Portanto, Mardoqueu não era tio, mas um primo que teve um papel importantíssimo na vida de Ester. 



[1] Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=quqhkOi4tuw>. Acesso em 27 de janeiro de 2018. O intuito do nosso texto não é denigrir a canção, pois, além de conter muitas verdades bíblicas, é também muito bonita. O intuito é de apenas mostrar o que realmente ensinado nas Escrituras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário